Sobre o Departamento

O Departamento de Aeronáutica e Transportes (DAT) considera que as pessoas constituem o que de maior valor existe. Como tal, candidatos, estudantes, professores, investigadores, colaboradores, parceiros, famílias e visitantes são o centro da atenção do DAT.

Integrado no Grupo Lusófona, constituído por onze instituições de ensino superior em Portugal, seis instituições Universitárias noutros Países de língua Portuguesa, nomeadamente Brasil e Moçambique, para além de catorze escolas não superiores em Portugal e no Brasil, o Departamento promove relações privilegiadas com grupos e instituições de referência, procurando atrair os melhores estudantes, professores e investigadores, dando-lhes condições para um pleno desenvolvimento das suas capacidades e dos seus talentos.

A visão do DAT é alargar, desenvolver e aprofundar, de forma rigorosa, integrada e com imaginação, três eixos de actuação:

  • Investigação
  • Cursos de formação graduada e avançada
  • Prestação de serviços no sector Aeronáutico e dos Transportes

O Departamento define como rumo estratégico a abertura à sociedade e uma política activa de transferência de conhecimento e de inovação tecnológica, designadamente em domínios de fronteira e em programas de ligação entre diferentes grupos e disciplinas.

O DAT assume como principais desígnios a produção e a difusão de cultura e de conhecimento científico assim como, a criação de um espaço de formação dinâmico, flexível e rigoroso em todos domínios de cruzamento entre as áreas de Transportes, Gestão Aeronáutica, Medicina Aeronáutica, Factores Humanos, Aeronáutica, Segurança Aeronáutica, Astronáutica, Engenharia Aeroespacial e Ciências da Terra e do Espaço. Para cumprir os seus objectivos, o DAT dispõe de uma equipa de docentes altamente qualificados e expostos a formação permanente, bem como de um Centro de Investigação – UNICA – que cobre as diversas áreas científicas da sua formação.

A Universidade Lusófona disponibiliza para as diversas actividades do DAT espaços apropriados e equipamentos operacionais e experimentais que seguem as normas europeias mais exigentes para a formação de profissionais no sector Aeronáutico, incluindo a formação prática de voo de Piloto de Linha Aérea e de Oficiais de Operações de Voo.

O sector dos Transportes em geral, e da Aeronáutica em particular, de acordo com os estudos mais recentes, terá um crescimento sustentado significativo durante o futuro próximo. Estima-se que a relação passageiro-quilómetro duplique nos próximos 40 anos e as emissões de CO2 cresçam 35% até 2050. De acordo com o Programa Horizonte 2020, no âmbito da União Europeia, os custos económicos advindos da ineficiência da mobilidade deverão sofrer um incremento de 50%.

O sector Aeronáutico, por si só, gera um volume de negócios de mais de 94 mil milhões de euros e emprega directamente quase meio milhão de pessoas altamente qualificadas (2,6 milhões de empregos indirectos) resultando numa contribuição de cerca de 240 mil milhões de euros para o produto interno bruto Europeu.

Como que a encerrar um ciclo, cuja caminhada teve início no DAT e desenlace na integração profissional ou empresarial, a rede alumni assume um papel fundamental, uma vez que o prestígio e o reconhecimento internacional das carreiras académicas e profissionais dos ex alunos são motivo de orgulho e do sentir que a missão académica foi cumprida, mas, sobretudo, dão voz ao mote do DAT: “Fructus Sapientiæ Volant”.

João F. Ciotta Neves
Director do Departamento